Colheita de tomates & Como saber quando estão prontos para serem colhidos

 Colheita de tomates & Como saber quando estão prontos para serem colhidos

Timothy Walker

Os tomates são uma das colheitas mais esperadas da estação, e os tomates cultivados em casa têm um sabor inigualável, com os seus frutos coloridos a explodir de sabor.

Quando se trata de os colher, qualquer produtor de tomates experiente terá a sua própria opinião, com técnicas e ferramentas especiais que fazem com que os seus tomates se destaquem dos restantes.

Dado que existem mais de 10.000 variedades de tomates que podem ser cultivadas, pode imaginar as diferenças subtis que afectam a colheita, por isso, quando exatamente deve colher os tomates?

Geralmente, os tomates devem ser colhidos quando estão completamente maduros, mas existem algumas excepções. Quando os tomates estão maduros, a sua cor (tal como especificado no pacote de sementes) deve aprofundar-se uniformemente à volta do fruto, a sua pele deve desenvolver um brilho, devem cheirar perfumado, sentir-se tenros e devem soltar-se da videira com um puxão delicado. A melhor maneira de saber se os seus frutos estão maduros e prontos para seremescolhido é provar um e deixar que o seu paladar o diga!

Como pode ver, existem várias categorias a verificar antes de colher os seus tomates.

Uma vez que cada variedade tem a sua própria textura, cor, padrão e sabor, é uma boa ideia aprofundar cada uma destas categorias e as suas excepções para compreender melhor a época de colheita dos tomates.

Quanto tempo é que demora a crescer um tomate?

O pacote de sementes deve indicar exatamente quantos dias faltam para a colheita ou, se tiver comprado as mudas num viveiro de plantas, deve haver uma etiqueta a indicar quantos dias faltam para a plantação e para a colheita.

Geralmente, os tomates estão prontos para a colheita 65 a 80 dias a partir da data em que são transplantados para o solo. É claro que as variedades que produzem mais cedo estarão prontas mais cedo, e são frequentemente determinadas.

Se não souberes, tomate determinado (arbusto) têm um ciclo de crescimento definido, o que significa que atingem um tamanho pré-determinado e produzem apenas uma ou duas vagas de frutos que amadurecem mais ou menos na mesma altura.

Tomates indeterminados (em cacho) Os tomates determinados produzem frutos mais cedo do que os indeterminados, mas nem sempre.

Como é que se sabe quando se deve apanhar os tomates?

Os tomates devem ser colhidos quando estão maduros, com algumas excepções que serão explicadas mais adiante.

O amadurecimento dos frutos na videira permite-lhes receber os açúcares através do corpo da planta durante o máximo de tempo possível e pensa-se geralmente que melhora o seu sabor.

A seguir, mais algumas informações sobre as categorias mencionadas no início deste artigo que determinam o estado de maturação do tomate:

De que cor devem ser os tomates quando os colhemos?

Os tomates devem ser colhidos quando os frutos estiverem com uma cor rica e cheia. Os tomates existem em muitas cores: vermelho, amarelo, cor-de-rosa, laranja, roxo, verde e tudo o que está no meio, por isso não há uma cor única que eles devam ter definitivamente.

A menos que a sua variedade especifique que a cor deve ser pálida, os tomates maduros terão uma coloração profunda que é consistente à volta do fruto.

Muitos tomates também apresentam padrões como as riscas (por exemplo, o tomate da herança 'Mr Stripey' ou o tomate-cereja 'Sunrise Bumblebee') e, nesses casos, uma cor inconsistente é, obviamente, normal.

Também pode colher os seus tomates e amadurecê-los fora da videira quando atingirem a "fase de rutura". Nesta fase, começarão a mudar o feitiço da cor verde e mostrarão uma cor rosa ou vermelha até 30% da superfície do fruto.

Brilho

Uma maneira rápida e eficaz de saber se os tomates estão maduros é verificar se os frutos desenvolveram uma qualidade brilhante e lustrosa na sua pele.

Normalmente, os tomates verdes têm uma superfície ligeiramente baça ou mate, e é possível avaliar o brilho da pele em relação a outros frutos obviamente verdes na planta.

Veja também: 11 melhores flores para plantar na sua horta para manter as colheitas saudáveis e livres de pragas

Se estiver a cultivar uma nova variedade e não tiver a certeza da cor, o que pode ser especialmente complicado para as variedades verdes ou roxas, então o brilho é um bom critério a seguir. O brilho é mesmo um melhor critério a seguir do que o tamanho, que pode ser enganador e, por isso, não está incluído nesta lista.

As diferentes variedades de tomate têm tamanhos drasticamente variáveis, e mesmo dentro de uma variedade podem variar bastante, enquanto a maioria dos tomates maduros tem uma pele brilhante.

Cheiro

Muitos frutos não exalam qualquer odor particular quando não estão maduros e o seu odor reflecte o sabor de um fruto não maduro, o que não é particularmente digno de nota.

Quando os tomates estão maduros, devem ter um cheiro perfumado e delicioso! Certifique-se de que coloca o seu nariz no próprio tomate, uma vez que os ramos e as folhas dos tomateiros também têm um cheiro bastante distinto que não deve ser confundido com o do fruto!

Consistência

Este critério é um pouco complicado, uma vez que avaliar quando um tomate está pronto para ser colhido com base no seu toque é uma habilidade adquirida ao longo do tempo. A maioria dos agricultores e jardineiros diz que a textura deve estar algures entre firme e macia.

Os tomates verdes são tipicamente muito firmes, como já deve ter experimentado, e os tomates demasiado maduros ou podres tornam-se extremamente moles. Quando manusear os frutos, tenha muito cuidado, pois são susceptíveis de se magoarem e não devem ser espremidos.

Se o tomate não estiver maduro, terá muito pouca ou nenhuma consistência e deve ser deixado na vinha durante mais tempo.

Embora possa parecer uma boa ideia avaliar o estado de maturação também com base na textura, não é muito útil, uma vez que as diferentes variedades de tomate podem ser desde suaves a muito felpudas e podem não apresentar alterações significativas na textura durante o período de maturação.

Facilidade de remoção

Se avaliou o seu tomate com base em algumas das categorias acima referidas e pensa que está pronto para a colheita, pode arrancá-lo da planta.

Os frutos devem soltar-se facilmente do caule com um ligeiro puxão e, se for necessário puxar ou arrancar com alguma força, não estão prontos para a colheita.

Veja também: 15 melhores flores brancas perenes para decorar o seu jardim

Pode correr o risco de danificar a planta ou fazer com que outros frutos maduros caiam no chão se puxar com força os frutos verdes, por isso não há necessidade de continuar a puxar se estes não se soltarem facilmente.

Sabor a tomate

É claro que cada variedade tem o seu próprio sabor e pode ser ligeiramente mais ácido ou doce, mas deve ser capaz de distinguir rapidamente se o tomate não está maduro.

Esta pode ser a forma mais eficaz de avaliar a maturação, embora, para evitar desperdiçar frutos, deva avaliá-los primeiro com base nos critérios acima referidos, mas permite-lhe escolher com base na sua preferência.

Diz-se que alguns tomates são ligeiramente mais saborosos quando colhidos pouco antes de estarem completamente maduros.

Situações especiais de colheita

Há algumas situações em que os tomates devem ser colhidos antes de estarem completamente maduros, caso em que alguns dos conselhos acima podem ser ignorados.

1: Quando se cultivam variedades autóctones

As variedades de tomate da herança são alguns dos tipos mais antigos de tomates que existem há décadas. A maioria deles estará realmente madura pouco antes de a sua cor atingir a sua profundidade máxima, pelo que pode colhê-los apenas alguns dias a uma semana mais cedo do que pensa.

2: Quando se cultivam algumas variedades de tomate-cereja

Alguns tomates-cereja são mais susceptíveis de se partirem ou racharem na videira, pelo que pode ser uma boa ideia colhê-los pouco antes de estarem completamente maduros e deixá-los amadurecer o resto do caminho dentro de casa. Corte cada ramo que esteja carregado de tomates e deixe-os amadurecer dentro de casa no ramo.

3: Quando se prevê um evento de chuva forte

Se acha que os seus tomates estão quase maduros, mas ainda não estão completamente maduros, ou quando chegarão à fase de quebra, e vê que está prestes a ocorrer uma tempestade ou um longo período de humidade, colha-os antes que isso aconteça.

Isto também serve para evitar que os frutos se partam ou rachem, o que pode acontecer quando os níveis de humidade do solo são inconsistentes e os frutos são subitamente inundados com água, fazendo com que se expandam mais rapidamente do que a pele, criando fendas nos frutos.

Esta pode ser uma experiência bastante dececionante, especialmente quando se está prestes a colhê-los, por isso traga-os para dentro de casa e deixe os tomates amadurecerem na vinha.

Como colher os tomates

Se estiver a cultivar tomates indeterminados, terá de voltar a colhê-los continuamente, algumas vezes por semana, assim que começarem a produzir frutos maduros.

Deve vigiar de perto as suas plantas determinantes para avaliar quando é que os seus frutos devem ser colhidos, pois será um grande acontecimento, com muitos tomates a chegarem ao mesmo tempo.

Para tomates indeterminados e determinados, Basta segurar o fruto e, com uma ligeira torção, arrancá-lo da videira. Como mencionado acima, deve soltar-se facilmente e é provável que não esteja maduro se estiver a ter dificuldades em colhê-lo.

Para os tomates maiores, como os bifes, é melhor usar as duas mãos para não os deixar cair, pois podem ser surpreendentemente pesados.

Os tomates maduros são muito susceptíveis de serem esmagados e transformados em papa, por isso, certifique-se de que não coloca um tomate grande sobre um pequeno tomate-cereja no seu cesto de colheita e não o encha demasiado!

Se colher tomates verdes por qualquer razão (algumas receitas podem exigi-los), utilize uma tesoura de poda para cortar o caule do fruto e para evitar danificar a planta ao arrancá-lo.

Como amadurecer os tomates mais rapidamente na videira

Por vezes, pode querer que os seus tomates amadureçam um pouco mais depressa do que estão a amadurecer, especialmente se viver num clima mais frio que tenha uma estação de crescimento mais curta.

Eis alguns elementos a ter em conta e conselhos para favorecer o amadurecimento dos tomates nas vinhas:

Assegurar que as plantas estão quentes

A temperatura controla o processo de amadurecimento, e temperaturas entre 65 e 75℉ são ideais para o amadurecimento dos tomates.

A poda da folhagem e a exposição dos frutos à luz do sol ajudam a amadurecê-los, pois a luz direta do sol aquece os frutos.

Se estiver a chegar ao fim da estação e as temperaturas nocturnas estiverem a descer, não se esqueça de cobrir as plantas para criar um efeito de estufa simulado e criar uma bolha de calor.

Proteger os tomates do calor elevado

Se vive num clima muito quente e se prevê que as temperaturas ultrapassem os 90℉, apanhe os tomates com antecedência, uma vez que esta temperatura elevada pode atrasar o processo de amadurecimento do tomate.

Isto baseia-se principalmente nos dados disponíveis para os tomates de pigmentação vermelha, mas, por razões de segurança, é melhor levar todos os seus tomates para dentro de casa para acabarem de amadurecer.

Poda das pontas de crescimento no final da estação

Cerca de 3 a 4 semanas antes da primeira geada, corte a parte superior dos tomateiros para acelerar o processo de maturação na videira.

A parte superior da planta onde se produz o novo crescimento é chamada de ponta de crescimento, e um tomateiro pode ter várias pontas.

A sua remoção ajuda a planta a concentrar toda a sua energia no amadurecimento dos frutos existentes, em vez de tentar produzir e alimentar nova folhagem.

Só faça este passo para os tomates quando tiver a certeza de que não quer a produção de novos frutos!

Cuidado com os fungos nos frutos maduros

A antracnose é uma doença das plantas causada por fungos ascomicetes

Ao verificar o amadurecimento dos tomates, certifique-se de que tem em atenção a doença fúngica Antracnose, que normalmente só se manifesta quando os frutos estão a amadurecer, mesmo que a planta tenha sido infetada no início da estação.

Aparecerão manchas pretas afundadas nos tomates maduros, e deve ter o cuidado de colher e remover rapidamente os frutos infectados, uma vez que os esporos podem espalhar-se rapidamente de fruto para fruto quando as feridas se desenvolverem.

Como amadurecer os tomates verdes fora da videira

Amadurecer os tomates no interior à temperatura ambiente

Se teve de colher os tomates antes de estes terem acabado de amadurecer na videira, certifique-se de que os mantém dentro de casa à temperatura ambiente, ao abrigo da luz direta, e não os coloque no frigorífico.

Se quiser que amadureçam rapidamente, coloque-os num saco de papel ou de plástico com outros frutos que estejam a amadurecer. Os frutos produzem um gás chamado químico quando amadurecem, que se concentra num espaço fechado e ajuda os outros frutos a amadurecerem rapidamente.

Colher tomates-cereja no ramo

Os tomates-cereja que são colhidos quando ainda não estão maduros podem ser colhidos no ramo e pendurados numa divisão com clima controlado, como a sua cozinha, até amadurecerem.

Timothy Walker

Jeremy Cruz é um ávido jardineiro, horticultor e entusiasta da natureza vindo do campo pitoresco. Com um olhar atento aos detalhes e uma profunda paixão pelas plantas, Jeremy embarcou em uma jornada ao longo da vida para explorar o mundo da jardinagem e compartilhar seu conhecimento com outras pessoas por meio de seu blog, Gardening Guide And Horticulture Advice By Experts.O fascínio de Jeremy pela jardinagem começou na infância, quando ele passava inúmeras horas ao lado de seus pais cuidando da horta da família. Essa educação não apenas promoveu o amor pela vida vegetal, mas também incutiu uma forte ética de trabalho e um compromisso com práticas de jardinagem orgânica e sustentável.Depois de se formar em horticultura em uma universidade renomada, Jeremy aprimorou suas habilidades trabalhando em vários jardins botânicos e viveiros de prestígio. Sua experiência prática, juntamente com sua curiosidade insaciável, permitiu que ele mergulhasse profundamente nas complexidades de diferentes espécies de plantas, design de jardins e técnicas de cultivo.Alimentado pelo desejo de educar e inspirar outros entusiastas da jardinagem, Jeremy decidiu compartilhar sua experiência em seu blog. Ele cobre meticulosamente uma ampla gama de tópicos, incluindo seleção de plantas, preparação do solo, controle de pragas e dicas de jardinagem sazonal. Seu estilo de escrita é envolvente e acessível, tornando conceitos complexos facilmente digeríveis para jardineiros novatos e experientes.além deleblog, Jeremy participa ativamente de projetos comunitários de jardinagem e realiza workshops para capacitar indivíduos com o conhecimento e as habilidades para criar seus próprios jardins. Ele acredita firmemente que a conexão com a natureza por meio da jardinagem não é apenas terapêutica, mas também essencial para o bem-estar das pessoas e do meio ambiente.Com seu entusiasmo contagiante e profundo conhecimento, Jeremy Cruz tornou-se uma autoridade confiável na comunidade de jardinagem. Seja para solucionar problemas de uma planta doente ou oferecer inspiração para o projeto de jardim perfeito, o blog de Jeremy serve como um recurso para aconselhamento em horticultura de um verdadeiro especialista em jardinagem.