12 dicas práticas para que os pimentos cresçam mais depressa

 12 dicas práticas para que os pimentos cresçam mais depressa

Timothy Walker

O pimento é uma planta tropical que adora o calor e que, infelizmente, nem sempre cresce tão depressa como esperamos.

Talvez esteja a ficar particularmente preocupado porque os seus pimentos de longa duração não estão a amadurecer e a primeira geada de outono aproxima-se rapidamente. Ou talvez os seus pimentos estejam apenas a crescer lentamente e não sabe porquê. Não está sozinho!

Os pimentos atrofiados e de crescimento lento são uma doença comum enfrentada por muitos jardineiros, e há várias razões pelas quais os seus pimentos estão a demorar demasiado tempo a produzir flores ou frutos.

Felizmente, há uma série de coisas que se podem fazer para acelerar a frutificação e fazer com que os seus pimenteiros voltem a estar no bom caminho.

Continue a ler para saber porque é que os seus pimenteiros estão a crescer lentamente e o que pode fazer para acelerar o crescimento dos pimenteiros.

Quanto tempo demoram os pimentos a crescer?

Ao cultivar pimentos, é importante ter expectativas razoáveis sobre a duração efectiva do seu período de crescimento.

Existem muitas variedades diferentes e cada uma leva um tempo diferente para amadurecer e dar frutos. Em geral, quanto mais picante for a pimenta, mais tempo demora.

É importante lembrar que, quando a maioria das empresas de sementes indica os "dias até à maturidade" de um pimento, está a calcular a partir da data de transplante, que é normalmente cerca de 8 a 10 semanas após a plantação.

Assim, se o pacote de sementes do seu pimento disser que este amadurece em 75 dias, acrescente cerca de 56 a 70 dias para determinar o período total de crescimento.

Quanto tempo demoram os pimentos a crescer? Os pimentos demoram normalmente 65 a 75 dias a partir do transplante para produzirem pimentos. O sempre popular Jalapeno demora cerca de 70 dias após o transplante, enquanto as variedades extra-quentes, como o Habanero, demoram mais de 100 dias.

Porque é que os meus pimentos estão a crescer tão lentamente?

De um modo geral, os pimentos crescem lentamente porque não estamos a cumprir as suas condições ideais de crescimento. Muitos jardineiros, especialmente nos climas mais a norte, têm especial dificuldade em reproduzir as condições de que os pimentos necessitam para crescer e prosperar.

O pimento é uma planta tropical, pelo que sem calor ou luz solar crescerá lentamente. Temperaturas na casa dos 20º e pelo menos 8 horas de sol direto são necessárias para um bom crescimento.

A rega incorrecta é também uma causa comum de pimentos de crescimento lento, e tanto a água a mais como a menos pode atrasar o seu crescimento.

É claro que um solo pobre, doenças, pragas, poda inadequada e choque de transplante podem levar a um desenvolvimento atrofiado e a um crescimento lento.

Como aumentar o crescimento das plantas de pimento e acelerar a maturação

Embora tudo isto possa parecer desencorajador, não desista já.

Aqui estão 12 dicas que pode seguir para ajudar os seus pimentos a crescerem mais rapidamente e garantir uma colheita abundante que esteja pronta antes da geada.

1: Aumentar o calor

A melhor maneira de obter pimentos de crescimento rápido é fornecer muito calor. A temperatura diurna ideal para um bom crescimento dos pimentos situa-se entre 21°C e 29°C (70°F e 85°F).

Durante a noite, a temperatura deve ser superior a 15°C. Qualquer temperatura inferior a 13°C abrandará significativamente o crescimento da sua planta.

Se cultivar pimentos no exterior, em vasos ou no jardim, certifique-se de que a temperatura é suficientemente quente antes de os colocar no exterior. Se cultivar os seus pimentos no interior ou numa estufa, a temperatura ambiente é frequentemente demasiado baixa (não somos muitos a regular os nossos termóstatos para quase 30°C), então a adição de calor suplementar fará com que as suas plantas cresçam.

Quando estiver a germinar sementes, mantenha a temperatura no limite superior das temperaturas diurnas para uma germinação bem sucedida.

Uma vez germinadas, as delicadas plântulas podem ser retiradas do tapete térmico e receber luz suplementar até que a temperatura ambiente seja suficiente

2: Proporcionar muita luz

Igualmente importante como o calor é fornecer luz suficiente aos seus pimenteiros. Os pimenteiros devem ter pelo menos 8 horas de luz solar por dia, e mais é sempre melhor.

Se possível, certifique-se de que ficam expostos à luz solar direta durante todo o dia.

Se for um problema, uma poda inteligente pode fornecer folhagem para sombrear os frutos, permitindo que a planta permaneça em pleno sol.

3: Poda prudente

Uma outra prática de poda comum para os pimenteiros é a de despontar a planta para incentivar um crescimento mais arbustivo.

Se vive num clima frio e setentrional, a cobertura pode não ser uma boa ideia.

Embora encoraje a planta a crescer e, provavelmente, a produzir mais pimentos, pode atrasar demasiado a planta, correndo o risco de abrandar o crescimento e atrasar a colheita.

4: Escolher uma variedade de crescimento rápido

Se vive numa zona com uma estação de crescimento curta, ou se apenas quer comer os seus pimentos o mais cedo possível, escolha uma variedade de crescimento rápido.

Isto, juntamente com todos os outros pontos mencionados, assegurará um crescimento rápido e plantas saudáveis.

5: Alimente os seus pimentos

Os pimentos são plantas que se alimentam muito, o que significa que precisam de muitos nutrientes para crescerem depressa, fortes e saudáveis. Ao fornecer muitos nutrientes, os pimentos podem crescer até ao seu potencial máximo.

Antes de plantar os seus pimentos, quer se trate de sementes ou de transplantes, adicione muito composto orgânico ao seu canteiro. O composto alimentará lentamente a planta, ajudando-a a crescer.

O azoto é muito importante para o crescimento rápido das plantas, e pode ser fornecido através da adição de estrume de cavalo e de aves bem podre.

6: Equilibrar o pH

Garantir o equilíbrio do pH do solo também pode ter um impacto significativo no bom crescimento. Mantenha o pH do solo entre 5,8 e 6,8, se possível.

Se o solo for demasiado ácido ou demasiado alcalino, isso inibirá a absorção de nutrientes pela planta e conduzirá a um fraco crescimento.

7: Observar a água

Os pimentos precisam da quantidade certa de água para crescerem. Demasiada pouca água conduzirá a deficiências de nutrientes e a um crescimento deficiente. Os pimentos sobreviverão a períodos de seca, mas não crescerão muito bem.

Demasiada água enfraquece o sistema radicular, porque não tem de se esforçar para encontrar água. Quando chega um período de seca, a planta cresce muito mal. Um solo demasiado regado e encharcado pode também provocar o apodrecimento das raízes.

Veja também: 18 das rosas mais perfumadas que fazem o seu jardim cheirar bem durante toda a estação

Para garantir que os pimentos são adequadamente regados, apalpe o solo. Se o solo estiver húmido até alguns centímetros de profundidade, eles têm água suficiente. Se o solo estiver seco até essa profundidade, dê-lhes uma bebida. Verifique a humidade do solo todos os dias, especialmente durante o tempo quente.

Se cultivar os seus pimentos dentro de casa ou em vasos dentro de uma estufa, lembre-se de que o solo nos vasos seca mais rapidamente do que no jardim. Certifique-se de que está extremamente atento à rega dos seus pimentos em vasos.

8: Começar cedo

Para obter pimentos rápidos, é importante começar bem, iniciando-os cedo. O ideal é iniciá-los 8 a 10 semanas antes de planear o transplante.

Começá-las cedo garante que são grandes e fortes quando vão para o jardim e que crescerão rapidamente quando se estabelecerem.

9: Cultivar pimentos em hidroponia

Se quiser ter pimentos de crescimento rápido, considere cultivá-los hidroponicamente. O cultivo hidropónico significa suspender as raízes numa solução líquida que alimenta a planta.

Num jardim hidropónico, os seus pimentos receberão exatamente o que precisam em termos de luz, calor e nutrientes para maximizar o seu potencial e estimular um crescimento rápido.

Veja também: Quando colher abobrinhas e como colhê-las para uma colheita perfeita

10: Colocá-los numa estufa

Alguns produtores afirmam que os pimentos cultivados em estufa crescem duas vezes mais depressa e são tão grandes como os pimentos cultivados no jardim.

Cultivar os seus pimentos em estufa não significa que tenha de comprar uma estufa de vidro de luxo, mas sim que pode cultivar os seus pimentos numa simples estufa ou numa estrutura fria.

Pode até colocar um jarro de leite vazio de cabeça para baixo sobre a sua planta ou criar uma cúpula de plástico bolha. Estas opções baratas e fáceis melhorarão o crescimento dos pimentos que gostam de calor.

11: Remover as flores precoces

O pimento produzirá frequentemente flores logo na fase de transplante. A colheita destas flores precoces transferirá a energia da produção de frutos para o crescimento da planta, e a perda da colheita precoce dará um impulso à sua planta.

Mais uma vez, se vive num clima setentrional, pode não se dar ao luxo de remover os primeiros rebentos, uma vez que a sua estação pode não ser suficientemente longa para esperar que o segundo conjunto de frutos amadureça.

12: Endurecer as plantas de pimento antes de as transplantar para o exterior

Os pimentos recém-transplantados podem facilmente sofrer de choque de transplante. O choque de transplante é o período de adaptação das plantas ao seu novo ambiente.

Se a transição do vaso para o jardim for demasiado brusca, os pimenteiros podem ser duramente atingidos e demorar algum tempo a adaptar-se ao seu novo ambiente, o que pode impedir significativamente o seu crescimento.

Para evitar o choque do transplante, endureça bem os pimentos antes de os transplantar. Coloque muito composto debaixo dos pimentos transplantados para que não lhes faltem nutrientes e certifique-se de que são bem regados enquanto as raízes se estabelecem.

Conclusão

Se os seus pimentos estão a crescer lentamente, não está sozinho. É muito frustrante ver as suas plantas crescerem lentamente, especialmente quando sabe que a geada está mesmo ao virar da esquina.

Espero que isto lhe dê algumas ideias para ajudar os seus pimentos a prosperar e a ter um crescimento rápido e saudável.

Timothy Walker

Jeremy Cruz é um ávido jardineiro, horticultor e entusiasta da natureza vindo do campo pitoresco. Com um olhar atento aos detalhes e uma profunda paixão pelas plantas, Jeremy embarcou em uma jornada ao longo da vida para explorar o mundo da jardinagem e compartilhar seu conhecimento com outras pessoas por meio de seu blog, Gardening Guide And Horticulture Advice By Experts.O fascínio de Jeremy pela jardinagem começou na infância, quando ele passava inúmeras horas ao lado de seus pais cuidando da horta da família. Essa educação não apenas promoveu o amor pela vida vegetal, mas também incutiu uma forte ética de trabalho e um compromisso com práticas de jardinagem orgânica e sustentável.Depois de se formar em horticultura em uma universidade renomada, Jeremy aprimorou suas habilidades trabalhando em vários jardins botânicos e viveiros de prestígio. Sua experiência prática, juntamente com sua curiosidade insaciável, permitiu que ele mergulhasse profundamente nas complexidades de diferentes espécies de plantas, design de jardins e técnicas de cultivo.Alimentado pelo desejo de educar e inspirar outros entusiastas da jardinagem, Jeremy decidiu compartilhar sua experiência em seu blog. Ele cobre meticulosamente uma ampla gama de tópicos, incluindo seleção de plantas, preparação do solo, controle de pragas e dicas de jardinagem sazonal. Seu estilo de escrita é envolvente e acessível, tornando conceitos complexos facilmente digeríveis para jardineiros novatos e experientes.além deleblog, Jeremy participa ativamente de projetos comunitários de jardinagem e realiza workshops para capacitar indivíduos com o conhecimento e as habilidades para criar seus próprios jardins. Ele acredita firmemente que a conexão com a natureza por meio da jardinagem não é apenas terapêutica, mas também essencial para o bem-estar das pessoas e do meio ambiente.Com seu entusiasmo contagiante e profundo conhecimento, Jeremy Cruz tornou-se uma autoridade confiável na comunidade de jardinagem. Seja para solucionar problemas de uma planta doente ou oferecer inspiração para o projeto de jardim perfeito, o blog de Jeremy serve como um recurso para aconselhamento em horticultura de um verdadeiro especialista em jardinagem.