O figo da índia é venenoso para gatos, cães ou crianças?

 O figo da índia é venenoso para gatos, cães ou crianças?

Timothy Walker

Ficus lyrata, vulgarmente conhecida como figueira-da-índia ou figo-da-índia, é uma espécie de planta com flor da família das figueiras Moraceae.

Esta bela planta pode realmente mudar o feng shui de qualquer divisão - as suas folhas largas e suculentas e a sua estatura alta fazem dela uma excelente adição à sua coleção de plantas domésticas.

Como proprietário de um animal de estimação, é importante investigar as consequências do consumo de qualquer vegetação viva que tenha à sua volta.

O figo-da-índia contém uma substância semelhante à seiva, chamada "sapogenina", que o torna venenoso para gatos, cães e bebés. Este líquido viscoso que se encontra nas folhas e caules da planta é ligeiramente tóxico e pode causar desconforto oral e indigestão a qualquer pessoa ou coisa que o mastigue.

Dito isto, é pouco provável que os seus animais de estimação procurem esta planta, uma vez que ela pode ser bastante despretensiosa e pode misturar-se perfeitamente. Vejamos com mais pormenor.

Os figos-da-índia são tóxicos para os gatos?

@2plantgirls

Embora a FLF seja ligeiramente tóxica para os gatos, não é necessariamente a planta inteira que é culpada. Aparentemente, quando o seu gato mastiga os caules e as folhas, estes libertam uma substância branca, cremosa, semelhante a uma seiva, que contém cristais dentados.

Estes pedaços de oxalato de cálcio podem causar irritação intestinal no seu amigo felino. As arestas afiadas podem também causar irritação oral.

Apesar de não existirem provas científicas que sugiram que os figos de folha caduca sejam excessivamente venenosos para os gatos, é sempre melhor ser demasiado cauteloso e manter a sua pequena planta fora do alcance do seu amigo felino.

Se for ingerida, a planta pode causar perturbações gastrointestinais, incluindo vómitos e diarreia ou baba excessiva e letargia. Se suspeitar que o seu gato comeu um figo de folha de violino, contacte imediatamente o seu veterinário!

Sintomas de ingestão de figo-da-índia em gatos

@bahrainplantguy
  • Feridas orais
  • Perturbações do estômago
  • Diarreia
  • Vómitos
  • Letargia
  • Desidratação

O que deve fazer se o seu gato comer um figo de folha larga?

@festivebohemian

Se pensa que o seu gato comeu um figo da índia, a primeira coisa a fazer é contactar o seu veterinário.

É provável que o médico recomende que leve o seu gato para ser examinado e, em alguns casos, pode também recomendar que lhe dê carvão ativado para ajudar a absorver as toxinas presentes no intestino.

Se o seu gato apresentar sinais de doença, como vómitos ou diarreia, contacte imediatamente o seu veterinário. Estes podem ser sinais de perturbações gastrointestinais e podem exigir tratamento.

Na maioria dos casos, os gatos que comeram um figo de folha de violino recuperam sem qualquer problema. No entanto, é sempre melhor ter cuidado e procurar ajuda médica profissional se achar que o seu gato ingeriu a planta.

Os figos da folha do violino são tóxicos para os cães?

@tuffpuptraining

Todas as partes da figueira-da-índia contêm toxinas que podem causar doenças nos cães se ingeridas. A parte mais tóxica da planta é a folha, que contém uma substância chamada sapogenina. Esta toxina pode causar perturbações gastrointestinais, incluindo vómitos e diarreia, se ingerida por um cão.

A sapogenina também está presente nos caules e raízes da planta, mas em concentrações mais baixas. Estas partes da planta são menos susceptíveis de causar doenças se ingeridas, mas podem ainda causar perturbações gastrointestinais.

Sintomas de envenenamento por figo-da-índia em cães

@samanthab.homedecor
  • Desconforto oral
  • Feridas à volta das gengivas, da língua e do nariz
  • Desconforto gastrointestinal
  • Cocó com pingos
  • Vómitos
  • Falta de energia

Se pensa que o seu cão comeu um figo da índia, contacte imediatamente o seu veterinário, que provavelmente recomendará que o leve para ser examinado e que lhe dê carvão ativado para ajudar a absorver as toxinas presentes no intestino.

Em geral, o envenenamento por figo em cães não é considerado perigoso. No entanto, é sempre uma boa ideia obter assistência médica especializada se achar que o seu cão comeu um figo.

O figo da índia é tóxico para os seres humanos?

@plantdaddy_la

Os figos-da-índia não são fatalmente tóxicos para os bebés, mas podem causar perturbações gastrointestinais se forem ingeridos. Dependendo da idade do bebé e de ter ou não dentes, pode não sofrer as feridas orais. Os cristais dentados da sapogenina só ficam expostos quando a planta é mastigada.

Se pensa que o seu bebé comeu um figo da índia, contacte imediatamente o seu médico ou o Centro de Informação Antivenenos para obter aconselhamento.

Em geral, a intoxicação por figo em bebés não é considerada perigosa. No entanto, é sempre uma boa ideia procurar assistência médica especializada se achar que o seu bebé comeu um figo.

Os gatos são atraídos pelos figos-da-índia?

@houseplantbruv

Não existem provas científicas que sugiram que os gatos sejam atraídos pelos figos-da-índia, mas algumas pessoas acreditam que as folhas largas e a textura macia das plantas as tornam apelativas para os gatos.

Se tiver um gato e uma figueira-da-índia, é melhor manter os dois separados para evitar danos na planta e no gato.

Os cães são atraídos pelos figos-da-índia?

@forageandflower

É uma questão que muitos donos de cães colocam: os cães são atraídos pelos figos-da-índia? A resposta, infelizmente, é que não existe um consenso claro.

Veja também: Musgo de turfa: o que é e como utilizá-lo no seu jardim

Alguns donos de cães dizem que os seus cães parecem interessados na planta, enquanto outros dizem que os seus cães a evitam completamente.

O que explica esta discrepância? É possível que alguns cães se interessem mais por coisas novas e invulgares do que outros, mas também é possível que o cheiro ou o sabor do figo-da-índia não seja particularmente apelativo para os cães.

Ou, pode ser que as folhas da planta se assemelhem às de uma planta venenosa (como a hera venenosa), e os cães estão instintivamente a evitá-las.

Quais são algumas alternativas seguras para animais de estimação aos figos da folha do violino?

Se procura alternativas seguras às plantas de interior, existem várias plantas de interior com um toque semelhante, mas que não são tóxicas para cães, gatos e bebés. Algumas destas plantas incluem

Feto de Boston

@parkwaygardencentre

O feto de Boston (Nephrolepis exaltata) é um feto sempre verde, nativo de regiões tropicais. É uma planta de casa popular e é conhecida pela sua capacidade de filtrar o formaldeído do ar.

O feto de Boston pode crescer até um metro de altura e produz frondes longas e em cascata. Prefere ambientes húmidos e deve ser mantido sempre húmido, mas não molhado.

Se as folhas da planta começarem a ficar castanhas, é uma indicação de que não está a receber humidade suficiente. As folhas castanhas devem ser cortadas o mais rapidamente possível. O feto de Boston tem uma manutenção relativamente baixa e é uma bela adição a qualquer casa ou escritório.

Planta aranha

@ziggy_kitty

A planta-aranha (Chlorophytum comosum) é uma planta de casa popular, bonita e fácil de cultivar. O seu nome deve-se às longas folhas em forma de aranha que descem da planta.

As folhas são variegadas com riscas verdes e brancas, e a planta produz pequenas flores brancas. As plantas-aranha são conhecidas por serem fáceis de cuidar e são um ótimo complemento para qualquer casa. Se procura uma planta de baixa manutenção e fácil de cuidar, a planta-aranha é uma óptima escolha.

Lírio da paz

@hobbygarden.design

O lírio-da-paz é uma flor bonita que tem muitos significados e simbolismo. Na era vitoriana, o lírio-da-paz era dado como um símbolo de paz e serenidade.

O significado do lírio-da-paz também foi dito ser pureza, inocência e esperança. Esta bela flor é nativa das regiões tropicais da Ásia e é um membro da família Araceae. O nome científico do lírio-da-paz é Spathiphyllum Wallisii.

O lírio-da-paz tem o seu nome devido à espata branca que floresce no centro da planta e que se assemelha a um lírio-calêndula, o que torna esta planta tão única.

O lírio-da-paz pode crescer até cerca de 24 centímetros de altura e prefere zonas sombrias para crescer. O lírio-da-paz é uma flor bonita que é perfeita para dar um toque de elegância a qualquer divisão.

Veja também: 10 árvores altas e magras para paisagens pequenas e espaços de jardim estreitos

Ao escolher uma planta doméstica, é sempre importante fazer uma pesquisa para se certificar de que não é tóxica para animais de estimação e crianças. Se tiver alguma preocupação, é melhor consultar um profissional antes de trazer uma nova planta para sua casa.

Dicas e truques para manter os seus animais de estimação afastados das plantas

@houseplantbruv

Se está à procura de formas de manter os seus animais de estimação afastados das plantas, há algumas coisas que pode fazer.

Em primeiro lugar, certifique-se de que escolhe plantas que não sejam tóxicas para os animais de estimação. Este é o passo mais importante para manter os seus animais de estimação seguros. Há muitas plantas bonitas que são seguras para os animais de estimação, por isso não há necessidade de se preocupar em escolher algo que possa ser prejudicial.

Em segundo lugar, mantenha as plantas fora do alcance dos seus animais de estimação. Se tiver um gato, isto pode significar manter as plantas em prateleiras altas ou noutra divisão. Para os cães, pode ser necessário criar uma barreira física à volta das plantas com uma vedação ou um portão.

Em terceiro lugar, treine o seu animal de estimação para não se aproximar das suas plantas. Isto requer alguma paciência e consistência, mas pode ser feito. Comece por ensinar ao seu animal de estimação o comando "deixa".

Quando o seu animal de estimação estiver a obedecer consistentemente a este comando, pode começar a apresentá-lo às suas plantas dizendo "deixa". Com tempo e paciência, o seu animal de estimação aprenderá a manter-se afastado das suas plantas.

Conclusão

A figueira-da-índia (Ficus lyrata) é uma espécie de figueira originária de regiões tropicais, sendo uma planta de interior muito popular devido à sua capacidade de filtrar o formaldeído do ar.

Embora não sejam tóxicos para os seres humanos, os figos-da-índia podem ser prejudiciais para os animais de estimação se ingeridos. Os sinais e sintomas de ingestão incluem vómitos, diarreia, baba excessiva, desconforto oral e dor abdominal.

Se o seu animal de estimação ingerir um figo da índia, é importante procurar imediatamente cuidados veterinários. Seguir estas dicas ajudá-lo-á a manter os seus animais de estimação seguros e a garantir que as suas plantas se mantêm saudáveis e bonitas.

Timothy Walker

Jeremy Cruz é um ávido jardineiro, horticultor e entusiasta da natureza vindo do campo pitoresco. Com um olhar atento aos detalhes e uma profunda paixão pelas plantas, Jeremy embarcou em uma jornada ao longo da vida para explorar o mundo da jardinagem e compartilhar seu conhecimento com outras pessoas por meio de seu blog, Gardening Guide And Horticulture Advice By Experts.O fascínio de Jeremy pela jardinagem começou na infância, quando ele passava inúmeras horas ao lado de seus pais cuidando da horta da família. Essa educação não apenas promoveu o amor pela vida vegetal, mas também incutiu uma forte ética de trabalho e um compromisso com práticas de jardinagem orgânica e sustentável.Depois de se formar em horticultura em uma universidade renomada, Jeremy aprimorou suas habilidades trabalhando em vários jardins botânicos e viveiros de prestígio. Sua experiência prática, juntamente com sua curiosidade insaciável, permitiu que ele mergulhasse profundamente nas complexidades de diferentes espécies de plantas, design de jardins e técnicas de cultivo.Alimentado pelo desejo de educar e inspirar outros entusiastas da jardinagem, Jeremy decidiu compartilhar sua experiência em seu blog. Ele cobre meticulosamente uma ampla gama de tópicos, incluindo seleção de plantas, preparação do solo, controle de pragas e dicas de jardinagem sazonal. Seu estilo de escrita é envolvente e acessível, tornando conceitos complexos facilmente digeríveis para jardineiros novatos e experientes.além deleblog, Jeremy participa ativamente de projetos comunitários de jardinagem e realiza workshops para capacitar indivíduos com o conhecimento e as habilidades para criar seus próprios jardins. Ele acredita firmemente que a conexão com a natureza por meio da jardinagem não é apenas terapêutica, mas também essencial para o bem-estar das pessoas e do meio ambiente.Com seu entusiasmo contagiante e profundo conhecimento, Jeremy Cruz tornou-se uma autoridade confiável na comunidade de jardinagem. Seja para solucionar problemas de uma planta doente ou oferecer inspiração para o projeto de jardim perfeito, o blog de Jeremy serve como um recurso para aconselhamento em horticultura de um verdadeiro especialista em jardinagem.